Terceirização de Frota

A terceirização de frotas deixa de ser uma tendência de mercado e passa a ser uma realidade, consolidando-se como a maneira mais inteligente e econômica de uma empresa gerir a sua frota. Com a transferência de gestão da frota para a locadora, além de economia garantida e comprovada, sua empresa mantém o foco no seu próprio negócio, otimizando tempo e reduzindo custos.

Para várias empresas, veículos não são bens de capital, mas sim ferramentas de trabalho. Para estas e outras empresas que deixam a frota e seu gerenciamento sob a responsabilidade de setores "apêndices" de departamentos (logística, suprimentos, administrativo, financeiro ou RH), esta é uma das atividades meio a ser terceirizada.

Passam a contratar empresas especializadas em terceirização de frotas, uma atividade muito maior que a simples locação de veículos, pois requer planejamento e operação customizada às necessidades de cada empresa (cliente). Processos envolvidos na aquisição e gestão da frota, e que passam a ser de responsabilidade da locadora:

Negociação e compra de veículos.

·         Licenciamento e emplacamento;

·         Logística de distribuição dos veículos em diversas      localidades;

·         Contratação e gestão de seguros;

·         Assistência 24 horas, sete dias por semana, em todo território nacional;

·         Acompanhamento de sinistros;

·         Manutenções preventivas e corretivas;

·         Controle e pagamento de multas de trânsito;

·         Renovação de frota;

·         Controle de documentação de transferências de veículos vendidos.

 

Com a terceirização consegue ainda:

·         Melhorar o rendimento das equipes de trabalho;

·         Zerar as despesas com manutenção;

·         Reduzir investimentos em imobilizado;

·         Obter flexibilidade operacional atendendo às sazonalidades;

·         Melhorar a imagem da empresa;

·         Controlar melhor o uso da frota;

·         Reduzir o número de colaboradores;

·         Reduzir a ociosidade dos veículos;

·         Renovar a frota.

 

Além de diversos outros benefícios como redução dos custos administrativos, instantaneamente, já que não há mais necessidade de pessoas controlando licenciamentos, IPVA, seguros, multas de trânsito, quilometragem, relatórios estatísticos, manutenções e revisões, compra e venda de veículos, acidentes de trânsito, furto e roubo de veículos, liberando o pessoal administrativo para outras atividades.

Redução dos custos com pessoal: decorrente da diminuição do tempo parado devido à manutenção dos veículos, o tempo perdido dos usuários (aumentando a produtividade das equipes), o número de equipes necessárias para realizar o mesmo trabalho.

Redução nos custos financeiros: não há necessidade de investimento em ativo imobilizado não produtivo, liberando o capital para investimento no próprio negócio ou em outras oportunidades. Além disso, a flexibilidade do tamanho da frota e sua composição evitam o capital parado, ou seja, pode-se reduzir ou aumentar o tamanho da frota atendendo às necessidades pontuais de mercado, ou de contratos de curto e médio prazo, sem o risco de ter, de uma hora para outra, de vender ou comprar veículos, ou mantê-los ociosos sendo depreciados enquanto aguardam novos contratos ou reação do mercado.

 

       Demonstrativo das Principais Vantagens da Locação de Frota

 

ITEM DE CUSTO

FROTA PRÓPRIA (CUSTOS)

FROTA ALUGADA (BENEFÍCIOS)

Licenciamento e emplacamento

A empresa administra

O veículo já vem licenciado e emplacado

Distribuição logística dos veículos

A empresa distribui

O veículo é entregue onde for solicitado

Seguro

A empresa contrata e custeia

Já incluído no valor de locação

Peças de reposição

A empresa adquire

A locadora paga a conta

Pessoal para manutenção

A empresa contrata e remunera

É por conta da locadora

Veículo reserva

A empresa tem que manter

É fornecido pela locadora

Assistência 24 horas

A empresa tem que contratar

Serviço oferecido pela locadora

Perdas por roubo / furto / incêndio / colisão

A empresa assume

O risco é da locadora

Assessoria jurídica para sinistros

A empresa contrata

A locadora cuida de tudo

Custo de oportunidade do capital

A empresa investiu na frota

A locadora é que investe na frota da empresa

Impostos

A empresa é que paga

As despesas são da locadora

Custos financeiros sobre a ociosidade da frota

A empresa é que paga

São pagos pela locadora

Investimento na renovação da frota

A empresa investe

O investimento é da responsabilidade da locadora

 

 

         Além dessas despesas existe o percentual de depreciação, o percentual anual médio que reflete a perda de valor do carro durante o período do Fluxo de Caixa. É o percentual sobre o valor de compra que o veículo perde ao ano, contabilmente. Ou seja, as empresas contabilizam, como forma legal e fiscal, que os veículos perdem 20% ao ano do seu valor original de compra.